oLhA a HoRa!!!

Quem sou eu

Minha foto
¯`*·.¸¸♥ღ°Quem é essa que me olha de tão longe, com olhos que foram meus?(Retrato antigo - Helena Kolody) ¯`*·.¸¸♥ღ° Quem é essa que me vê do lado de lá quando eu dela preciso cá? Quem é essa que está em mim e eu nela em hora sem fim? Quem é essa, quem sou eu?De tanta pressa o vento a levou...Fiquei eu Olho no olho O meu no seu Num retrato antigo Num estar comigo Num olhar só meu. (Janice Persuhn)¯`*·.¸¸♥ღ° De retralho em retalho tiram pedaços de mim de espaço a espaço costuram os vazios de mim de palavra a palavra descobrem eu sou mesmo assim. (Autópsia) ¯`*·.¸¸♥

PrOfeSsOrA WiLma NuNeS RaNgEl

PrOfeSsOrA WiLma NuNeS RaNgEl

terça-feira, 22 de abril de 2014

Greve



Professores, professoras, funcionários, funcionárias, alunos, alunas, pais, mães e trabalhadores(as)! A greve geral na Educação paranaense começa nesta quarta-feira (23).






http://globotv.globo.com/rpc/parana-tv-1a-edicao-londrina/v/professores-da-rede-estadual-aprovam-greve/3296997/

http://globotv.globo.com/rpc/parana-tv-2a-edicao-curitiba/v/professores-e-funcionarios-das-escolas-estaduais-devem-entrar-em-greve-amanha/3298088/
https://www.facebook.com/appsindicato?fref=photo

http://g1.globo.com/pr/oeste-sudoeste/noticia/2014/04/alunos-de-foz-do-iguacu-protestam-em-apoio-professores-estaduais.html

A partir desta quarta-feira, professores da rede estadual de ensino paralisam atividades por tempo indeterminado para reivindicar direitos ao governo do Paraná
A partir desta quarta-feira (23), professores e funcionários da rede estadual de ensino paralisam as atividades em todo o Paraná. A Associação Paranaense de Professores (APP Sindicato) divulgou nota confirmando a greve em todo o Estado. “Esgotadas as tentativas dos (as) professores (as) e funcionários (as) de escola em garantir seus direitos, não restou outro caminho a não ser a greve geral por tempo indeterminado”, informa o comunicado.
De acordo com a APP Sindicato, foram meses de negociações buscando “efetivar direitos garantidos por lei”, mas as conversas não levaram a um acordo. “Enquanto isso, os (as) educadores (as) continuam adoecendo nas escolas, com cada vez mais professores (as) cansados e desanimados em sala de aula. Além de adoecidos, faltam funcionários (as) nas unidades. Há evasão de alunos, violência, enfim, um quadro desanimador. E a categoria cansou”, divulga.
A paralisação geral foi definida por unanimidade na última assembleia estadual, realizada no dia 29 de março. “Temos que começar uma greve forte, com unidade da categoria. Cada regional terá um local de concentração. Em Curitiba, o acampamento estadual inicia a partir do dia 23 de abril. E assim permaneceremos até que o governo apresente uma proposta efetiva sobre os pontos centrais da pauta”, ressalta a presidenta da APP, professora Marlei Fernandes de Carvalho.
No dia 29, uma grande marcha, em Curitiba, reunirá representações de todo o Estado (além dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Além disso, a assembleia aprovou um calendário de continuidade da campanha ‘Hora-atividade pra Valer!’. Já foram realizados três dias do calendário retirado, nos dias 4, 10 e 16 de abril. Nestas datas, a categoria usou o tempo para organizar a greve nas escolas.
A assembleia também definiu intensificar as recepções ao governador em todo o estado do Paraná. Em solenidades que o governador se encontrar, a categoria irá demonstrar sua insatisfação com o desrespeito aos compromissos assumidos e não cumpridos.

22/04/2014 11h23 - Atualizado em 22/04/2014 13h41

Alunos de Foz do Iguaçu protestam em apoio a professores estaduais

Durante manifesto, aulas da manhã desta segunda (22) foram suspensas.
Entre as reivindicações estão a implantação de 33,33% de hora-atividade.

Alunos da Escola Estadual Professor Mariano Camilo Paganoto, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, fizeram um protesto na manhã desta segunda-feira (22) em apoio às reivindicações feitas pelos professores da rede estadual. Durante a manifestação, que teve início às 7h30 e foi encerrada às 9h30, as aulas foram suspensas para os cerca de 400 alunos do turno. Entre os pedidos está a implantação de 33,33% de hora-atividade na jornada dos docentes.
A mobilização organizada pelas redes sociais teve a participação de estudantes, professores e funcionários da escola. Uma faixa foi colocada em frente ao estabelecimento informando sobre a greve geral na rede estadual de ensino que deve ser iniciada na quarta-feira (23) por tempo indeterminado. Em Foz do Iguaçu, a concentração será em frente ao Colégio Estadual Bartolomeu Mitre, no Centro, à partir das 9h. Às 8h30, o protesto será em frente ao Núcleo Regional de Educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

cLiCou? CoMeNtA aÍ Vai!!

Coletânea de Textos para prova parcial - Colégio Almirante Tamandaré

CONTEÚDO: O discurso social - Contexto, texto “O ócio é necessário, pois o tédio é criativo.”        O filósofo Mário Sér...